• Facebook
  • YouTube
  • Instagram

VIDEOAULAS TEATRO DE RUA

Assista às videoaulas. 

Inscreva-se para participar dos Encontros On-line nas datas e horários abaixo.

Venha conversar com quem faz.

A Formação Artística Construída na Relação Entre Indivíduo e Sociedade

Reveraldo e Yonara – Cirquinho do Revirado

 

Um relato de experiências sobre a formação autodidata e de convívios com movimentos sociais para impulsionar as produções do grupo Cirquinho do Revirado. Vivemos exclusivamente do fazer teatral há 24 anos. Sempre pensamos o  teatro como uma forma de popularizar a arte. Nossa base se deu em  grupos de jovens, trabalhos em comunidades, fábricas, escolas e, por consequência, a "rua". Sempre abordando temas que criticam a estrutura da sociedade".
20/03 – 15h: Encontro on-line via Google Meet   https://meet.google.com/sdy-pcbq-qab

Matrizes do Teatro de Rua Brasileiro

Adailtom Alves

 

A aula parte de uma discussão acerca da modalidade teatral de rua, definindo-o, ao tempo em que questiona a adjetivação do substantivo rua, para depois apresentar uma divisão das matrizes estéticas das práticas teatrais que ocupam os espaços abertos, exemplificando com alguns coletivos brasileiros.
21/03 – 15h:  Encontro on-line via Google Meet   https://meet.google.com/dtx-ttjm-tam

O Teatro de Bonecos Pernambucano
Valdeck de Garanhus

 

O mestre Valdeck de Garanhuns fará uma explanação sobre o processo de criação de bonecos e textos,manipulação, vozes, proviso e musicalização no teatro de mamulengos pernambucano. Tudo será falado e mostrado, como base, para que o público tenha uma informação geral sobre esse notável brinquedo popular e tenha maior interesse em pesquisar e estudar o teatro popular de bonecos do Brasil.
22/03 – 20h: Encontro on-line via Google Meet   https://meet.google.com/sqy-eysu-rbr

Introdução das Possibilidades e Desafios para o Teatro de Rua
Caio Martinez Pacheco – Trupe Olho da Rua

 

Relato sobre a experiência de Caio Pacheco no Teatro de Rua e os Movimentos na Baixada Santista e Rede Brasileira do Teatro de Rua. 


23/03 – 20h: Encontro on line via Google Meet   https://meet.google.com/mrc-vxbh-wzc

A Democratização do Espaço da Arte
Tânia Farias e Paulo Flores – Tribo de atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz

A aula fará uma síntese da história do teatro de rua no Brasil, para a seguir abordar o surgimento do teatro de rua da Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz no início dos anos 1980. A democratização do espaço da arte, e como a Tribo experimentou diferentes linguagens no seu teatro de rua. O uso do canto e da dança, das máscaras e dos bonecos de grandes proporções, figurinos criativos e pernas-de-pau nas ruas da cidade. A importância de fazer um Teatro Público nos dias de hoje.


24/03 – 20h; Encontro on line via Google Meet   https://meet.google.com/jmm-cgmv-phy 

Partilhando Percursos

Eliana Bolanho – Cia. Teatral As Graças

 

Compartilhar a  trajetória da Cia As Graças, tendo como enfoque  a experiência de  construção e manutenção de um teatro sobre rodas, o Circular Teatro, que circula por todo Brasil há 18 anos. Partilhar um pouco do que adquirimos na prática e através de nossas  itinerâncias. Falar das  escolhas, do aparato técnico necessário, das questões práticas, até a  apropriação da linguagem de rua, a aproximação física com o público, a ampliação de  possibilidades de encontros e diálogos.


25/03 – 20h: Encontro on line via Google Meet   https://meet.google.com/eye-xoec-tpj

A Rua e as Intervenções Poéticas do Teatro LAMBE–LAMBE

Flavio Racy e Michelle Maria
 

A videoaula apresentada pelos caixeiros Flávio Racy e Michelle Maria do coletivo Teatro de Caixeiros e Cia A DitaCuja aborda o Teatro Lambe-lambe enquanto linguagem poética em miniatura, que parte de um micro espetáculo dentro da caixa para interferir no macro espaço da cidade.

26/03 – 20h: Encontro on line via Google Meet   https://meet.google.com/yap-fvmw-zub

Da Arte Pública às Políticas Públicas

Alexandre Santini

 

Reflexões a partir da sua trajetória, desde a  militância artística e cultural de uma década no Grupo Tá Na Rua (RJ), passando pela  descoberta da gestão cultural como área de atuação profissional e transformação social. Desafios da  gestão cultural na sociedade civil e nos poderes públicos. A experiência com os Pontos de Cultura e a Cultura Viva Comunitária no Brasil e na América Latina. A gestão de equipamentos culturais e sua relação com a cidade e o território.  Emergência Cultural e os problemas de institucionalidade da cultura no Brasil. 


27/03 – 17h30: Encontro on-line via Google Meet   https://meet.google.com/ovc-aeae-ioq